sexta-feira, 20 de junho de 2008

Álvaro Parente com um dia para esquecer


A sorte não esteve com Álvaro Parente em Magny-Cours. Na qualificação, o piloto português não foi além da 21ª posição, ficando a 1,537s de Bruno Senna que conquistou a pole.
O brasileiro foi, aliás, um dos responsáveis pelo mau resultado de Parente. Na volta em que registou o melhor tempo, e quando faltavam pouco mais de cinco minutos para o final da sessão, Bruno Senna cortou a meta com o carro já totalmente fora de controlo e foi embater no muro das boxes interrompendo a sessão. Álvaro Parente, que usava o seu segundo jogo de pneus, viu assim a sua tentativa anulada pela amostragem das bandeiras vermelhas.
Depois de retirado o carro de Senna, a sessão recomeçou, mas Álvaro Parente não conseguiu melhorar o seu tempo até porque, uma saída de pista de Jerome d'Ambrosio, levou ao aparecimento das bandeiras amarelas.
Na primeira tentativa de obtenção de um bom tempo, Álvaro Parente teve uma ligeira saída de pista.
Quanto a tempos, Bruno Senna (iSport) fez 1m22,250, Romain Grosjean (ART) 1m22,287 e Giorgio Pantano (Racing Engineering) 1m22,301.
O novo companheiro de equipa de Álvaro Parente, o espanhol Andy Soucek, fez 1m23,035 e terminou a qualificação no 12º lugar. Andy Soucek vai substituir o dinamarquês Christian Bakkerud até ao final da época na Super Nova. Bakkerud não reperou total mente da lesão das costas e os médicos aconselharam a uma paragem até ao final da época de GP2.
Nos treinos livres da manhã, Álvaro Parente já não tinha ocupado os lugares da frente. Romain Grosjean foi o mais rápido (1m22,676), seguindo-se A. Zuber (Piquet Sports) com 1m22,834 e Javier Villa (Racing Engineering) com 1m22,874.
Andy Soucek acabou em nono (1m23,238) e Álvaro Parente foi 11º (1m23,293). De salientar que, apesar do lugar, Álvaro ficou a apenas seis décimo do primeiro.

1 comentário:

Simão Guedes disse...

Força Álvaro! Não te conseguiste expressar com pontos, mas mais uma vez mostraste todo o teu talento.
Sair da 23ª posição na corrida de sábado e acabar em 9º é obra! Na de domingo tiveste muito azar... estiveste coladinho ao Buemi, ultrapassaste o Senna com alta pinta... grande piloto! Pena surgirem problemas mecânicos/electrónicos na pior altura. Mas não há nada para alarmar que se continuares assim, nas próximas vezes a sorte há-de estar do teu lado contigo!
Abraço!